Klíssia viaja | Conhecendo Madrid

13 de fevereiro de 2017

Passei dois dias incríveis em Barcelona, e meu destino seguinte foi Madri.
Confesso que Barcelona foi o que conquistou mais o meu pequeno coração viajante.
De Barcelona à Madrid peguei o trem da Renfe , minha primeira experiência no trem bala. Fiz até um vídeo lá no nosso canal, confere lá.

Alugamos um apartamento e pagamos 40 euros por dia.
O clima é beeeeeeeem mais frio do que Barcelona, e haja cachecol que esconda o pescoço do vento , rsrs.




É uma cidade história e cada prédio é sinônimo de fotografia.
O primeiro ponto mais desejado (principalmente das mulheres) é a Gran Via. É uma rua com comércio, restaurante, atrações, onde concentra as melhores lojas do mundo!

Início da Gran Via (onde está o prédio da Rolex)


O menu do McDonalds ou Mccafe é muito barato por toda europa, e por onde eu ia, quando vinha aquela fome, era lá a minha parada obrigatória.

Um outro lugar que deve-se parar quando vai fazer um tour em Madrid é o Plaza Mayor, um conjunto de prédios com uma praça e exposição de artesanato, e ao fim da tarde com opção de barzinho pra ficar com os amigos e colocar o papo em dia, se sentindo europeu.

Por tradição, na Espanha há muitas arenas, onde se faz show de toureiros, mas como o tempo foi bem curto, resolvi não entrar em um, por não ser prioridade, rs.

Como em toda europa, a capital espanhola, tem muitos palácios e prédios públicos com seu requinte e glamour. É o caso do Palácio Real, aberto para visitação pública, e a entrada de dia é 11 euros, sendo que a partir das 16h é gratuito.


Teve muitos lugares pra gente visitar, mas pena que o tempo passou rápido.

Não fomos ao estádio do real Madrid, nem no templo egípcio.

Mas uma coisa é certa: cada lugar, cada detalhe se torna uma fotografia pra recordar.



Então é isso gente linda, espero que gostem.
Super beijo e até a próxima.

0 comentários:

Postar um comentário