BEDA 30 | TAG Blogueira para blogueira

30 de agosto de 2017

Ei gente linda, bora pra mais uma tag?


colour-rainbow.tumblr

Por que resolveu a criar o blog?

Porque gosto de me expressar através das palavras e poder compartilhar ideias, dicas, sugestões.

De onde se inspirou para ter este nome?

Já tive muitos nomes rsrs, Jovem do Lar, Viver em abundância, O mundo de Kli, Jujuba e Carola, até domínio sintonia do blush cheguei a comprar, mas decidi ficar com Klíssia Mafra mesmo, mais autêntico.

Qual é o seu maior medo diante da blogosfera?

De não ser eu mesma.

Já passou por algum momento ruim com blog? Se sim, o que fez para contornar a situação?

Na verdade, antigamente eu não tinha disciplina.
Mas desde que optei por ter um domínio e fazer meu espaço na plataforma digital, tive sim um momento um pouco conturbado que me atrapalhou de ficar ativa no blog, alguns problemas de saúde e na família também. Foi no BEDA que decidi tirar o blog da inércia e me surpreendi, percebi que se eu quiser, posso passar por cima das diversidades e manter o foco.


O que te faz manter com o blog mesmo diante de tantos problemas da blogosfera?

Porque acho que a blogosfera nunca vai acabar. A gente que precisa saber alimentar de forma igual, todas as mídias que estão ao nosso dispor.
Gosto do blog pois aqui a pessoa não é mascarada, você pode perceber a essência através da escrita, diferente do youtube, por exemplo, muitas meninas imitam  a maneira de falar e comportar de youtubers famosas, acho um saco isso.

Qual é seu maior sonho em relação ao blog?

Torná-lo profissional.

Caso tenha um sonho com o blog, o que tem feito para conseguir alcançar ele?

Procurando postar conteúdos de qualidade, com frequência e interagir da melhor maneira possível com o meu leitor.

Você acredita que seu blog pode servir de inspiração para outras pessoas? Por que?

Sim, pois já recebi mensagens de agradecimento com as palavras de autoestima.


Você já conseguiu alguma parceria para o blog? Se sim, como e com quem foi?

Ainda não, ele está bem no início. A meta é chegar nos 10 mil page views (estamos quase lá)

Caso não tenha conseguido nenhuma parceria, com que tipo de empresa você gostaria de trabalhar?

Eu estou programando minhas leituras para trazer resenhas, talvez parceria com editoras ou empresas de cosméticos. Adoro testar produtinhos para o rosto e o cabelo.

O que pretende fazer quando chegar aos $100,00 dólares do Google Adsense?

Vish! Haha, tentação ein. 
Eu guardaria pra juntar e investir no blog (câmera nova, etc)


Você já investiu financeiramente em algo para o blog? Se sim, qual o valor do investimento e em que foi aplicado?

Sim.
Foi o domínio, hospedagem (que eu nem uso) e o layout. 
Mais ou menos um total de R$500, mas valeu a pena cada centavo.

Então é isso! O que vocês acharam?
Deixe seu comentário, beijinhos ♥


BEDA 29 | TAG DO UNITED

29 de agosto de 2017

Ei gente linda, tudo bem do lado daí?
O tema de hoje proposto pelo United Blogs é a TAG feita pelo grupo.
Vamos lá?


1. Como você conheceu o United?

Indicação de outros grupos de interação

2. O que mais gosta no grupo?

Poder conhecer novos blog, conteúdos diferentes, novas pessoas e fazer novas amizades, ainda que haja quilômetros de distancia.

3. O principal foco do United é a interação. Você consegue entender a importância disso?

Com certeza!
O United me ajudou muito impulsionar o blog.

4. O que "blogar" significa para você?

Expressar meus sentimentos, ideias. 
Uma realização pessoal.

5. Sua relação com o blog é mais profissional ou pessoal?

De início mais pessoal, mas tenho uma vontade imensa de profissionalizar.

6. Qual a sua maior dificuldade em relação a ser blogueiro (a)?

A continuidade, pode parecer que não, mas não é fácil em uma vida frenética, ainda mais se não houver oraganização. 
Postar todos os dias, trazer novos conteúdos e poder chamar atenção de novos leitores é desafiador, mas ao mesmo tempo compensador.

7. Como o grupo te ajuda ou já ajudou em relação ao blog?

No crescimento dele.
Postagens constantes, comentários de garotas fofíssimas que sempre acompanham meu trabalho. 
Estou amando essa experiência. 

8. Quais as coisas boas que ter um blog te trouxe?

Oportunidade de conhecer nos produtos, pessoas e poder participar de eventos.

9. O que você diria para blogueiros que estão pensando em desistir de seus blogs?

Insista se esse é um desejo seu. 
Se assim não o fizer, ninguém fará por você.

10. Quais blogs você conheceu no United e indica?


Então é isso, espero que gostem ♥



BEDA 28 | Talentos ocultos (Hidden Figures)

28 de agosto de 2017

Ei gente linda, tudo bem?
Hoje trago pra vocês a indicação de um filme lindo e emocionante.
Assisti no avião enquanto o sono não chegava no trajeto de volta ao Brasil; as lições que tive valeram e muito para meu crescimento pessoal.


Talentos ocultos é um filme baseado em fatos reais com estreia nos EUA no final de 2016, não encontrei um release em português, e nem avaliação crítica, mas pra mim é uma explosão de personalidade empoderada.


Toda a história é passada na década de 60, período em que a NASA seguia em busca do poder supremo na corrida espacial. Nessa mesma época, a discriminação racial era gritante, a ponto de negros e brancos não estarem no mesmo lugar.

Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson são amigas e extremamente inteligentes, mas a cor impedia com que chegassem no lugar onde deveriam estar.
Até conquistar seus objetivos dentro da empresa não foi fácil para nenhuma delas. Driblar o preconceito e o machismo era uma força adquirida diariamente.


Mas a competência e a persistência de ambas mostrou ao mundo o talento oculto de cada uma.

Choro, angústia, momentos de alegria e conquista, um filme que ensina que se você confia no seu potencial, não importa os obstáculos, você fará história. 


BEDA 25 | Não se cale

25 de agosto de 2017

Oi gente linda tudo bem?
Me ausentei por uns dias no BEDA e não segui à risca as diquinhas de organização que disponibilizei aqui no blog.
A verdade é que eu me programei, mas os imprevistos impossibilitaram meus posts de estarem certinho pra vocês.
Chega de blá blá blá que o assunto hoje é sério!


Vou deixar claro que esse post não se refere à minha vida


Faço jornalismo e estou trabalhando na construção de uma matéria que fala sobre a violência doméstica. E pensando em algumas leitoras que passam ou vivenciam esse histórico em sua família, trago pra vocês o meu protesto pessoal #nãosecale

No Brasil (e no mundo) muitas mulheres sofrem em relacionamentos abusivos.
São proibidas de saírem de casa desacompanhadas, de ter amigas, de poder contar com a família, pois há uma grande possibilidade de que seja descoberto a sua real situação. Vivem em um cativeiro físico e emocional, e não é de se esperar que se houver descumprimento das regras, a agressão é inevitável, marcas que aparecem no corpo e na alma, há casos que chegam à óbito.

Não estamos ainda em novembro para se manifestar, mas a lei  11340 é vigente desde 2006, conhecida como Lei Maria da Penha, que coíbe a violência física ou psicológica.

Ameaças em palavras e em ações como quebrar um cabo de vassoura ao lado para assustar e resquícios atingirem a mulher, acertar ou quebra uma porta e dizer que da próxima seria assim no rosto dela, também é uma forma clara de agressão.

Art. 7o São formas de violência doméstica e familiar contra a mulher, entre outras:
I - a violência física, entendida como qualquer conduta que ofenda sua integridade ou saúde corporal;
II - a violência psicológica, entendida como qualquer conduta que lhe cause dano emocional e diminuição da auto-estima ou que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante, perseguição contumaz, insulto, chantagem, ridicularização, exploração e limitação do direito de ir e vir ou qualquer outro meio que lhe cause prejuízo à saúde psicológica e à autodeterminação;
III - a violência sexual, entendida como qualquer conduta que a constranja a presenciar, a manter ou a participar de relação sexual não desejada, mediante intimidação, ameaça, coação ou uso da força; que a induza a comercializar ou a utilizar, de qualquer modo, a sua sexualidade, que a impeça de usar qualquer método contraceptivo ou que a force ao matrimônio, à gravidez, ao aborto ou à prostituição, mediante coação, chantagem, suborno ou manipulação; ou que limite ou anule o exercício de seus direitos sexuais e reprodutivos;
IV - a violência patrimonial, entendida como qualquer conduta que configure retenção, subtração, destruição parcial ou total de seus objetos, instrumentos de trabalho, documentos pessoais, bens, valores e direitos ou recursos econômicos, incluindo os destinados a satisfazer suas necessidades;
V - a violência moral, entendida como qualquer conduta que configure calúnia, difamação ou injúria.

NÃO SE CALE


Sei que muitas mantém o relacionamento porque no fundo há um sentimento de pena, por ter talvez boas lembranças do parceiro, ou as vezes por não terem condições de se manter, ficam com medo de viver na rua da amargura. Quer amargura maior do que passar constantemente essa humilhação?
Sua vida vale mais que isso! Se você não quiser, não adianta nada alguém fazer isso por você.
Vá a uma delegacia de mulheres e abra sua denúncia, se não puder, ligue 180.

E se não é seu caso ou de algum familiar, mas há indícios de que alguma vizinha sua sofre, #nãosecale , denuncie no 180, é sigiloso.

Oferecimento:


BEDA 21 | Rotina de organização

21 de agosto de 2017

Oi gente linda, tudo bem?

Eu já fiz um post aqui no blog sobre conciliar trabalho com estudos.


Com o BEDA rolando, trouxe essas dicas para serem aplicadas no blog.


Sem organização, tudo fica jogado às traças, isso foi um dos motivos que meu blog ficou parado por muito tempo.

Então separei algumas dicas ...

A primeira sugestão é: mantenha o redor organizado.
Ninguém consegue concentrar em um ambiente sujo, cheio de coisas que deveriam estar em outro lugar. Se não há concentração, será muito difícil manter a ordem no seu blog.

Segunda: mantenha o foco.
Caso não saiba o que quer dizer, não saia por aí postando qualquer coisa só pra mostrar que está em dia, as pessoas reparam isso.
Separe um tempinho, quem sabe um fim de semana para programar as postagens? Faça com carinho, assim você não vai se sentir frustrada se não atingir as expectativas.

Terceira: seja determinada.
Vai ter dia que você não vai ter saco pra entrar na sua plataforma, mas lembre-se que sempre tem um leitor esperando um post seu no ar. Ainda que sua vontade seja mínima, se sua intenção é ir além no mundo virtual, mantenha-se firme.

Quarta: queira!

Espero que gostem das minhas sugestões.
Ei você! O que tem feito para manter seu blog em ordem?
Deixe sua resposta nos comentários.

Super beijo ♥



BEDA 19 | Layout free para blogger

19 de agosto de 2017

Oi gente linda, tudo bem?
Hoje o tema proposto do BEDA pela United Blogs é sobre layout free.

Quem me conhece sabe que sou uma berração quando se diz HTML, mas ao poucos vou me adaptando.
Meu blog hoje é feito por uma pessoinha super fofa chamada Gabi que mora a quilômetros de distância. Ela fez tanto desse blog, como do blog Agente por aí.

Mas antes de pensar em profissionalizar o blog com domínio, e com um layout melhorzinho que o que eu tinha, procurei muito nessa internet de meu Deus dicas de layout free.

Sei que muitas de vocês passaram ou passam por esse problema.
Assisti muitos tutoriais, quebrava a cabeça, mas a maioria deles vinham com erro na formatação.
Até que descobri a Renata Massa minha gente.
Usei o layout feito por ela por um bom tempo, e indico super!


Vou deixar disponibilizado o link para vocês acessarem

Link 1

Link 2

Espero ter ajudado.
Super beijo e até a próxima.


BEDA 18 | Uma carta para meu antigo eu

18 de agosto de 2017

Oi gente linda tudo bem?

Tenho visto muitas blogueiras abrindo coração e deixando expresso em palavras cartas do eu de hoje para o eu de antes; conseguiram entender?

We heart it
Então resolvi entrar nessa onda. Vem comigo!

Querida Klíssia de 2008/2009,

A vida nunca será fácil pra ninguém.
 Haverá momentos que você vai ter uma vontade enorme de desistir, mas mantenha firma, a surpresa, vitória, recompensa, milagre virá logo em seguida.
Não preocupe se começar algo e não conseguir continuar, não chore por isso, na hora certa a oportunidade de concluir com prazer e sucesso vai chegar.
Não se julgue a pior das criaturas, não existe ninguém  melhor do que ninguém! Se ame, você é mais forte do que pensa ser.
Continue sempre sincera, e humilde, isso conta muito.
Apaixone, mas não tenha pressa só porque suas amigas estão ficando com alguém, o melhor Deus terá pra você no tempo dele, e não se assuste se for antes do que imagina.
Seja forte, e continue a sonhar, sonhos realizam! Sonhe alto, voe.
Viva o presente e pense no futuro, assim seus passos trilharão por bons caminhos!

Acredito que haja muitas Klíssias por aí precisando ouvir isso.
Espero poder ajudar alguém.

Um grande abraço ♥


BEDA 17 | DIY necessaire

17 de agosto de 2017

Oi gente linda, tudo bem do lado daí?

Hoje venho trazer uma novidade aqui no blog: Do It Yourself, o famoso DIY.
Sabe aquele retalhinho que você tem em casa e já cansou de vê-lo jogado em um canto?
Vou ensinar o passo a passo de como aproveitar a sobra e fazer uma linda necessaire, ou porta- trecos (absorvente, celular, moedas, como preferir).

Vamos lá?



Costumo fazer pequenas costurices em minha máquina de costura, mas como sei que muitas de vocês não tem, fiz à mão pra mostrar como é fácil.


Você vai precisar de uma tesoura, linha, agulha, zíper e o retalho.



Escolha o tamanho que vai querer e recorte, como indicado na fotografia.


Recortado, nas pontinhas do tecido, alfinete o zíper junto a tecido e costure com o ponto de sua preferência (se não souber costurar, use a cola universal que dá super certo)


Faça isso dos dois lados, e vai ficar assim:


Feito isso, abra o zíper (depois vai entender o porquê) e vire o tecido para o lado contrário, para fazer acabamento no início e fim do zíper e nas laterais unindo as partes do tecido.


Com o zíper aberto, passe todo esse lado avesso pelo espaço do zíper, tá aí o motivo de deixá-lo aberto.


Prontinho! Viu como é simples e rápido?
Assim você poderá aproveitar e utilizar toda sobrinha de tecido que tiver .
Dá pra fazer muitas coisas.
Se você gostou desse tipo de post, deixe nos comentários.
Se fizer, marque no instagram @klissiamafra com a hashtag #vimdoblog que vou curtir e seguir você.
Ah! Quem sabe não rola até um tutorial no canal?!

Deixe seu comentário.
Beijinhos ♥


BEDA 16 | 5 motivos para assistir "O mínimo para viver"

16 de agosto de 2017

Você já deve ter ouvido falar sobre "To the bone" ou "O mínimo para viver", com a fofíssima Lily Collins na Netflix.


Antes de começar a dizer os motivos para não deixar de assistir, confira o trailer 

Muitas meninas passam por transtornos alimentares, principalmente na fase adolescente.
Há aquelas que começam a comer compulsivamente. Eu quando pequena, comecei a engordar de forma rápida, e nessa época minha mãe me cobrava muito, falava que eu não estava nada bonita daquele jeito, e quanto mais ela falava, mais eu comia, não porque tinha fome, mas de raiva, agia assim para provocá-la. Outras comem mas o peso na consciência e o medo de ficar gorda faz com que coloquem tudo pra fora. Vimemos esse drama por mais de ano com minha cunhada, que estava emagrecendo de uma maneira triste e nada saudável.
A personagem principal do filme, sofre com anorexia, uma doença psicológica onde a pessoa ainda que esteja magra, se vê gorda, e com o tempo, vai perdendo o apetite e ficando ainda mais magra.


SINOPSE E DETALHES
Uma jovem (Lily Collins) está lidando com um problema que afeta muitos jovens no mundo: a anorexia. Sem perspectivas de se livrar da doença e ter uma vida feliz e saudável, a moça passa os dias sem esperança. Porém, quando ela encontra um médico (Keanu Reeves) não convencional que a desafia a enfrentar sua condição e abraçar a vida, tudo pode mudar. (Fonte: Adoro cinema)


Há quem diga que o filme não faz sentido, e a crítica veio de forma negativa, mas em minha opinião ele mostra a realidade de pessoas que sofrem da doença.
O perfil rebelde, que não se importa com nada (mas na verdade se importa e muito), com algo em  comum: a falta da força para sair desse caminho que para muitos é sem volta. 
Eles até pensam que podem conseguir sozinhos, que tudo está no controle, mas no final de tudo, percebem a importância do apoio e auxílio de um profissional.


Lilly (esqueci o nome da personagem, sorry) vive em uma família toda complicada, um pai ausente, uma mãe que virou lésbica e foi morar com uma outra mulher, uma madrasta que se preocupa e uma irmã com quem pode contar. Já saiu de várias clínicas de tratamento, e não se adaptava às normas e às pessoas.
Até que após uma consulta, decide ir para essa nova clínica. 
Lá ela convive com meninas em situações parecidas, e começa a fazer amizade (surge até um romance) , mas seus conflitos internos quase leva tudo a perder.

Sem spoiller ... 

1- A atriz já passou por isso, então trouxe ainda mais vida ao personagem

2- Apesar de muitos dizerem que o filme não mostra isso, afirmo que sim! Mostra a importância do profissional de apoio, mas que a decisão de mudar é do paciente, tornando o filme ainda mais realista

3- Mostra como o apoio da família é importante (tanto no momento em que sua mãe a ajuda alimentar, como da madrasta e a irmã sempre torcendo pra que tudo ocorra bem)

4- Faz perceber que um amizade sincera e que te ponha pra cima é importante

5- Não houve um final clichê, com ela curada, ou fazendo palestras ajudando outras meninas, mostra um recomeço. Que sob novas decisões a vida segue, e você pode fazer tudo outra vez.

Já assistiu ao filme na Netflix? Qual a sua opinião?
Deixe sua resposta.

Beijinhos ♥ 






BEDA 15 | Como ganhar dinheiro com o blog

15 de agosto de 2017

A pergunta é: dá pra ganhar dinheiro com blog?

We heart it
Comecei com meu espacinho na internet por conta de uma paixão: escrever.
Meus posts na verdade são para transmitir meus sentimentos, ideias e dicas para minhas seguidoras, nunca escrevi visando o retorno financeiro.
Gostoso seria se um dia o meu hobby virasse profissão!

Hoje em dia, a internet tem sido uma grande ferramenta de trabalho, inclusive, rentável.
Muitos tem dúvidas de como profissionalizar e monetizar sua plataforma de uso diário (blog, canal no youtube, instagram), pensando nisso, e como proposto pelo grupo United Blogs, pesquisei a fundo  uma resposta para essa questão.
Como ainda sou leiga,  não saberia de nada opinar, foi onde encontrei a Juliana Duarte do blog  Julie de batom que esclarece tudinho pra gente.

Antes de tudo, acho importante dizer que ter um blog visando apenas lucro e fama não é nada legal. A graça da coisa está em compartilhar seus gostos, suas ideias e dicas de uma forma natural, leve. Ter um espacinho na internet por obrigação acaba tirando a naturalidade do seu trabalho. E acredite: seus leitores vão perceber isso.
Mas também não é errado ganhar dinheiro com blog. E, sim, você pode e deve cobrar pelos serviços que faz nele. Até porque escrever um post, ter um espaço atualizado e preparar bom conteúdo demanda tempo e esforço, né? Só vale lembrar que você precisa de bom senso para equilibrar posts legais com publicidade.

Quer saber mais informações? Dá uma passadinha por lá.

Um super beijo e até a próxima ♥


BEDA 14 | Tag: The 5 games

14 de agosto de 2017

Ei gente linda, tudo bem do lado daí?

A blogueira Regiane Ferreira me marcou em uma tag bem bacana.

Vamos às perguntas?

We heart it
5 coisas que você comprou no supermercado essa semana :
- ovo
- ração
- creme de ricota
- kiwi
- abobrinha


5 coisas que você assistiu recentemente:
- rei das compras Louie (Viki)
- minhas youtubers favoritas
- to the bone (Netflix)
- o menino do pijama listrado (Netflix)
- a Bela e a fera


5 produtos que você usou recentemente:
- água termal de O boticário
- creme de tratamento capilar Evelyn Regly de Embeleze
- desmaia cabelo da For beauty
- creme hidratante de lichia de O boticário
- perfume  rock da Shakira

5 planos para essa semana:
- iniciação científica
- feedback aos clientes
- posts everyday
- visitar e comentar em blogs amigos 
-conhecer novos blogs

5 coisas que você comeu/bebeu semana passada:
- comida japonesa
- crepioca
- sopa de abobrinha
-sanduba natural
- bolo de chocolate

5 coisas que você comeu/bebeu ontem:
- refrigerante
- hamburguer
- churrasco
- sorvete
- água

* Não deveria, mas comi 

5 lugares que você ainda não conhece, mas pretende:
- Coreia do Sul
- Inglaterra
- Holanda
- Alemanha
- Suíça

5 coisas que gostaria de fazer:
- escrever um livro
- aprender a falar 4 idiomas fluente (inglês, espanhol, alemão e coreano)
- um cantinho para o blog
- mestrado e doutorado (assim que acabar a graduação)
- tour pela Ásia

5 Pessoas que você seguiu recentemente no instagram:

- @kimberlycamfield
- @sejabelissimabr
- @nasa
- @pefabiodemelo
- @ricademarre

5 expressões que você mais usa:
- sou dessas
- OMG
- é isso mesmo queridinha
- cool!
- eita

É a primeira vez que respondo uma tag, o que acharam?
Qual desses você responderia? Deixe sua resposta nos comentários.

Super beijo e até a próxima ♥


BEDA 13 | O futuro é agora

13 de agosto de 2017

Já ouvi de alguns, inclusive na blogosfera, que com o surgimento de outras mídias sociais, o blog estaria com os dias contatos.

Mas será?

Há muitos anos já tinha ouvido falar da Lia Camargo, Depois dos Quinze, isso não é modinha do momento.

A cada dia surge um novo blog, e blogueiras com sede de compartilhar ideias. Tem aquelas que querem somente ganhar dinheiro, o que é uma pena pois visto que não é bem assim, acabam desistindo.

 Algumas pessoas estão preferindo o audiovisual, mas não é um problema.

A questão é : e os blogs no futuro?
O futuro é agora.



O que plantamos hoje, com esforço, dedicação, e amor é o reconhecimento que colheremos amanhã.
A escolha é sua.





BEDA 12 | Meu dorama favorito

12 de agosto de 2017

Como assim? Você ainda não viu um dorama?

Aqui no blog temos alguns pequenos spoliers (sqn) pra você ir correndo na Netflix, Viki ou Dramafever assistir.

{Você pode gostar também }

Vamos lá?




Amo, amo , amo. 
Todos eles tem sintonia (inclusive o vilão), o que faz a série ser super cool.
É uma mistura de romance, comédia, suspense, ação, drama. um turbilhão de sentimentos em um dorama só.
Você quer assistir sem parar, a curiosidade em saber o desfecho da história vai aumentando ao passar dos minutos.



Acompanhe abaixo a resenha tirada do site Dramafever:
"Strong Woman Do Bong Soon (힘쎈여자 도봉순)Títulos Alternativos: Strong Woman Do Bong Soon, 大力女子都奉顺Estrelado por Park Bo Young e Park Hyung Sik


Uma garota incrivelmente forte morre de amores pelo crush de infância dela, mas ele, infelizmente, gosta de mulheres que são muito mais elegantes do que a desajeitada Bong Soon. Enquanto tenta conquistá-lo, ela consegue um emprego como guarda-costas de um CEO lindo. No entanto, nem ela tem a força necessária para romper o ego impenetrável de seu chefe cabeça dura. Do Bong Soon (Park Bo Young de Oh My Ghostess) é forte, assustadoramente forte. Tão forte que ela acidentalmente quebra tudo o que toca. Mas com grandes poderes vêm grandes responsabilidades, algo que nossa heroína mostra ter quando vê um molestador no metrô e, na hora, quebra o dedo dele no meio. Do Bong Soon, no entanto, é o símbolo da bondade. Ela é naturalmente gentil e não machucaria nem uma mosca. Ela é alegre e otimista, mas tem um grande defeito: é apaixonada pelo In Gook Doo (Ji Soo de Fantastic e Scarlet Heart: Ryeo), seu amigo de infância. Infelizmente, ele gosta de garotas elegantes e femininas, algo que a desajeitada Do Bong Soon definitivamente não é. Mas isso não significa que ela vai desistir de tentar conquistá-lo.



A força de Bong Soon a ajuda a arranjar um emprego. Ela tem que que ser a guarda-costas do arrogante chaebol Ahn Min Hyuk (Park Hyung Sik de Heirs e Hwarang), CEO de uma empresa de jogos. Ahn Min Hyuk sabe jogar todos os tipos de jogos errados. Ele é esquisito, mimado, dominador e muitas vezes mostra um absoluto desrespeito pelas regras e cortesia comum. A personalidade dele bate de frente com a da certinha Do Bong Soon, mas não demora muito tempo para o gelo entre os dois começar a derreter e as coisas começarem a esquentar. Será que o CEO do jogo se tornará uma pessoa melhor e conquistará o coração da nossa mulher forte? Ou será que ela sempre suspirará pelo homem que não gosta da força que a torna única? "



Sério gente, como não amar?
E você, qual é o seu preferido?

Oferecimento:



BEDA 11 | O que o blog mudou na minha vida

11 de agosto de 2017

we heart it


O amor pela escrita surgiu antes da minha alfabetização. Neta de professora, adorava ver minha vó segurar na ponta do giz, e desde que aprendi unir as sílabas, tanto a escrita, quanto a leitura me fascinam.

Escrever no blog é uma realização pessoal, poder expressar para outras pessoas o que estou sentindo ou pensando, e o feedback tem sido minha motivação para continuar.

É tão gostoso encontrar com alguém que me para e fala que me acompanha.

Não tenho muitos seguidores, mas é uma sensação muito agradável ser reconhecida pelo seu trabalho.

Essa história começou à pouco, e espero que ao passar dos anos eu colecione lembranças e aproximação dos meus leitores.

 O que o blog mudou em você? Deixe nos comentários.



BEDA 10 | Como viajar tanto pagando menos?

Quem me conhece sabe que o avião virou uma segunda casa, rsrs.

We heart it
Em um ano fui em 6 países diferentes, mas como fiz isso?

*Antes de escolher o sua poltrona no voo, verifique a validade do seu passaporte, e se ainda não tem um, aproveite pois é de extrema importância. (veja no link)

Vou apresentar a vocês um app divo: melhores destinos.

Lá eu fico sabendo das promoções e corro no meu sistema (na agência onde trabalho) para ver disponibilidade. Não tenho confiança em comprar diretamente em sites, e isso não é papo de agente.
Na verdade, já tive overbooking e minha consolidadora resolveu pra mim; ao tentar falar nas empresas online, você vai ficar um bom tempo ouvindo a musiquinha, enquanto uma agência pode resolver de forma mais rápida.

Voltando ao aplicativo, sempre recebo notificação, e é aí que está o segredo.

As vezes viajo sem me programar,  ela surge do simples apito do meu celular.

 E se pretende gastar menos, opte por hospedar em hostel, vale a pena a experiência.

Fica a dica gente linda, em breve no blog Agente por aí dicas de mochilão.

Super beijo e até a próxima.




BEDA 9 | Resenha : O menino do pijama listrado

9 de agosto de 2017

Olá, tudo bem do lado daí?
A sugestão do nosso BEDA hoje pelo grupo United Blogs é dobre dicas para blogueiros iniciantes e desistentes.
Não me considero a melhor pessoa pra dizer sobre, uma vez que sou iniciante e estou aprendendo diariamente com as sugestões de blogs mais experientes.
O segredo é insistir!

Então, para não deixar um post vago, trouxe uma resenha emocionante.
 " O menino do pijama listrado", esse aí da foto:


Antes de começar a dizer sobre o filme, em minha última viagem para o México, que em breve teremos post no nosso blog que está em construção de conteúdo Agente por aí , e em meio a muitos passeios turísticos, estivemos no Museo Memorias Y tolerancia, onde pudemos ver a dor e sofrimento do povo judeu em poder de Hitler retratado em imagens e artigos trazidos dos campos para o México.

Vou disponibilizar algumas fotos.
protesto contra violência

vagão que levava os judeus para os campor 
Maquete de como eram mortos os judeus
roupa usada no campo de concentração


Triste não é mesmo?
 Vamos à resenha? O filme conta sobre a mesma época.

SINOPSE E DETALHES
Alemanha, Segunda Guerra Mundial. O menino Bruno (Asa Butterfield), de 8 anos, é filho de um oficial nazista (David Tewlis) que assume um cargo importante em um campo de concentração. Sem saber realmente o que seu pai faz, ele deixa Berlim e se muda com ele e a mãe (Vera Farmiga) para uma área isolada, onde não há muito o que fazer para uma criança com a idade dele. Os problemas começam quando ele decide explorar o local e acaba conhecendo Shmuel (Jack Scanlon), um garoto de idade parecida, que vive usando um pijama listrado e está sempre do outro lado de uma cerca eletrificada. A amizade cresce entre os dois e Bruno passa, cada vez mais, a visitá-lo, tornando essa relação mais perigosa do que eles imaginam





O oficial Nazista não tem o apoio de sua mãe, que morre sem ter contato com o filho. Sua esposa ao descobrir o real sentido de estarem ali, desentende com o marido, e começa a ter conflitos no casamento.
Bruno, curioso, rompe as barreiras estabelecidas de preconceito racial,  e mostra que é possível seguir em um caminho diferente.
Embora no filme não tenha um final lindo como em filmes da Disney, aprendi uma lição fantástica.
Precisamos ter a inocência de uma criança, superar as diferenças que são vistas de um olhar maldoso quando fazemos a transição para a fase adulta.

É importante ressaltar que tudo de ruim que plantamos na vida, certa hora colheremos.

Amo spoiller, mas se gostou do filme, assista, tem disponível na netflix! Não vai se arrepender.

Fico por aqui, super beijo e até a próxima.



BEDA 8 | Amor próprio

8 de agosto de 2017

Os dias vem passando e aos poucos os tabus de corpo perfeito vem perdendo a força.


Ricardo Belechiam, 24 anos, publicitário: exemplo de que quando você se ama, a opinião negativa não faz diferença alguma.

“Desde que me entendo como pessoa eu sempre me coloquei em primeiro lugar em tudo. Gosto de estar sempre bem arrumado, criando meu próprio estilo e estando sempre na moda. Sempre arranco bons elogios porque mesmo não estando nos "padrões" de beleza, estou sempre à altura seja em eventos, festas e etc...”


Em nossa cidade, Ricardo é conhecido não só pela sua expressividade, por gostar e estar sempre ditando novas modas, como também por ser um excelente dançarino.

“Eu comecei a dançar na igreja. Nunca havia imaginado que eu poderia ser bailarino ainda mais acima do peso. Foi quando eu e um amigo recebemos uma oportunidade de participar de uma academia só de dança. A princípio eu
só fazia hip hop, mas depois descobri minha verdadeira paixão que era o jazz. Até então, desde 2005 eu nunca mais parei de dançar. ”

A autoconfiança levou o publicitário a participar do programa de TV “Legendários”, no quadro “O gordinho mais leve do Brasil” em 2013, que por sinal, arrasou em sua apresentação

 “O sobrepeso não é o problema”

Perguntei se ele sofre algum tipo de preconceito, e  Ricardo respondeu que “até hoje sim, até porque as pessoas não são acostumadas a ver pessoas acima do peso com tanta disposição. Eu gosto sempre de ser o melhor e me destacar quando começo a dançar. Hoje em dia eu sou bem mais elogiado do que criticado.”

Não há como negar a exuberância de amor próprio. E para ele “ Amor próprio é você poder acordar todos os dias com a disposição de cuidar de si mesmo, colocar a roupa que você quiser e se sentir confortável e não dar muita importância pra opinião dos outros. Porque quem se importa muito e porque tem inveja e não consegue se manter sem tentar diminuir os outros.”

Para finalizar, Belechiam deixa um recado super fofo para nossas leitoras:

“ Meninas, querem estar sempre de bem com a vida? Dance. Eu recomendo a dança pois te faz acreditar que você pode tudo. Eu sou a prova viva. Me supero a cada movimento, a cada ensaio. Acreditem em seu potencial, sejam livres de estereótipos e se joga.”



Oferecimento: